"O coração estrangula a mente quando atrai para si todo o sangue do corpo." Frank Underwood

Existe muita discussão sobre qual a melhor linguagem de programação. Esse não é o objetivo deste post. Aqui não há pretensão de se dizer que Javascript é melhor que Python, Ruby, Java, PHP, etc. Essa é uma apresentação racional dos motivos de se aprender Javascript. Aprendê-lo não lhe invalida de conhecer outras linguagens. Na verdade, é bastante recomendável que o desenvolvedor depois de algum tempo programe com outras para amadurecimento profissional e expansão de possibilidades.

1. A linguagem está ficando mais forte

JavaScript era antigamente tido como uma sub-linguagem. Os tempos mudaram e a linguagem evoluiu, se tornou mais padronizada e mais forte. ECMAScript6 vem aí com conceitos de classes, arrow functions e built-in modules. Isso vai deixar a linguagem ainda mais familiar para desenvolvedores Java, Ruby e Python que até 2010 eram tidas como as linguagens pro trabalho pesado.

2. Tem a maior comunidade

Não é a toa que JavaScript possui a maior quantidade de frameworks existentes na web, afinal ele detém a maior comunidade. Isso significa maior quantidade de projetos open-source e bibliotecas pra agilizar seu desenvolvimento.

3. Usada no Back e no Front

Javascript permite você usar a mesma linguagem tanto no Front-End quando no Back-End e isso acarreta em ganho de produtividade, pois seu cérebro não fica alternando entre linguagens. Além disso, a escolha do Javascript lhe permite se tornar um Full Stack Developer mais facilmente. Se você ainda estiver indeciso sobre a sua especialidade(back, front ou até mobile), Javascript é a sua melhor opção.

4. Melhores Fontes

Possuir a maior comunidade tem outras vantagens. Existe uma quantidade enorme de livros, cursos online e sites com exercícios dinâmicos para aprendizado. Quantos livros online interativos como o Eloquent Javascript você encontra por aí em outras linguagens?

5. Mais Empregos

É fácil encontrar emprego se você sabe Javascript. Quem não quer um site dinâmico, rápido e com interações cliente-servidor em tempo real nos dias de hoje? Além disso, nos EUA um programador Node ganha em média 112 mil dólares ao ano. O Brasil sempre tem uma defasagem em tecnologia, mas não é exagero nenhum prever que em breve no Brasil o desenvolvedor Node também será um dos profissionais mais bem pagos no ramo da tecnologia da informação.

6. Banco de Dados

O uso de Javascript em banco de dados explodiu. Dois dos bancos NoSQL mais populares MongoDB e CouchDB são "document databases". E em que formato estão esses tais documentos? JSON que é um formato de serialização de objetos Javascript que se tornou inter-operacional entre linguagens. Assim, embora JSON seja utilizado em outras linguagens é em JavaScript que ele possui sua forma mais natural.

7. Negócios

Um dos pré-requisitos pra você abrir um negócio é encontrar profissionais qualificados. Normalmente, você escolhe a linguagem pra sua startup baseado nas habilidades de sua equipe. Uma vez que há muitos desenvolvedores que trabalham com JavaScript, vai ser mais fácil, pelo menos, começar.

Conclusão

Mesmo que você não tenha se dado por satisfeito com nenhum dos argumentos anteriores para aprender javaScript existe um último: eventualmente você vai precisar dele.

"Primeiro eles disseram que JavaScript não poderia ser utilizado para criar 'ricos' aplicativos na internet. Depois disseram que não poderia ser rápido.
Depois, que não poderia ser melhorado.
Depois, que não poderia suportar processamento multicore.
Erraram todas as vezes!"

"Meu conselho: Sempre aposte em JS" Brendan Eich - Criador do Javascript


Veja Também

Sobre o Autor

Johel Carvalho

Johel Carvalho

Engenheiro Civil formado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ) em Dezembro de 2012. Largou a profissão pelo desenvolvimento web, começando com C# e sendo atualmente aficionado por JavaScript.

comments powered by Disqus