Antes de começarmos a mostrar o caminho para se tornar um programador objetivo é interessante antes de mais nada termos um objetivo, termos uma missão.

“Quem não tem um objetivo quase nunca sente prazer nas suas ações.” (Giacomo Leopardi)

Milhares de pessoas largam seus empregos para aprender programação por conta própria e ficam ricas(geralmente criando aplicativos). Estas pessoas tem um propósito. Elas sabem porque tomaram essa decisão.

Outras milhares, no entanto, desistem da beleza da profissão e se rendem à monotonia e à falsa sensação de segurança do serviço público, estudando para concursos e abandonando a profissão.

Se algum dia lhe perguntarem por que você escolheu a carreira de desenvolvimento ou algum dia se questionar se realmente fez a escolha certa, considere as 5 razões a seguir e não terá mais uma dúvida sequer.

1. O custo de formação e aprimoramento é baixo.

Ao contrário de outras áreas como medicina e direito que têm custos de formação altíssimos e garantem seus bons salários ao restringir a quantidade de profissionais em seu nicho, a carreira de desenvolvedor é desregulamentada e qualquer pessoa com acesso à internet pode iniciá-la.
É incrível a quantidade de cursos excelentes disponíveis. Todos grátis ou por uma quantia bem menor que qualquer faculdade. Sem falar, é claro, na quantidade de livros dos melhores autores do planeta disponíveis para download.

2. Você é radicalmente livre.

Uma das razões para uma empresa contratar um software ou um desenvolvedor é diminuir tempo de alguma tarefa repetitiva. Diminuir tempo, significa diminuir custos. Qual empresa não quer isso?

Sendo assim, existe uma demanda enorme por essa profissão.Uma demanda em todos os países do planeta.
Por causa disso, é a profissão mais fácil para se praticar em outro país, estado e cidade. Quem nunca ouviu falar de vagas para o Canadá? Mudar de empresa não se torna difícil. Qualquer lugar haverá demanda pra você. A questão, é claro, é se a oferta de trabalho condiz com os problemas que você é capaz de resolver. A demanda por você, entretanto, sempre haverá.

A liberdade que a incrível demanda e o acúmulo barato de conhecimento conferem é segura e radical.

3. O mundo aposta em você.

Você, como desenvolvedor, tem uma habilidade única de gerar valor. Enquanto um restaurante precisará de mais e mais garçons, cozinheiros e gerentes para crescer, uma empresa de software pode impactar milhares e até milhões de pessoas com uma base ínfima de funcionários.
Tome o exemplo retirado do livro "De zero a Um" sobre as diferenças entre startups de biotecnologia(que geralmente precisam de mais de um bilhão de investimento para lançar um único remédio) e a de software.

Perfil Startups de Biotecnologia Startups de Software
Objeto Organismo incontroláveis Código determinado
Ambiente Natural Artificial
Abordagem Indefinida, aleatória Definida, engenharia
Regulação Alta Baixíssima
Custo Caro (>U$1bi) Barato - capital semente
Equipe Salário alto e desalinhados Aficionados empresariais

Enquanto a quantidade de remédios aprovada nos Estados Unidos cai desde 1950 pela metade a cada nove anos, a velocidade dos processadores dobra a cada dois anos(Lei de Moore) desde 1965. Não é a toa: as pessoas e os investidores querem mais softwares.

4. Você é uma empresa.

A capacidade única do desenvolvedor de gerar valor se deve ao seu potencial criativo. Cada desenvolvedor tem potencial de criar um produto, seja ele original ou não, e vendê-lo a seus clientes.

Assim, não importa se você é um trabalhador de carteira assinada, um freelancer, um consultor ou um fundador de uma startup, você é uma empresa, pois é capaz de criar produtos e conseguir clientela.

A diferença é que um trabalhador de carteira assinada possui apenas um cliente, o patrão ou empresa em que trabalha.
O freelancer e o consultor possuem vários clientes, tendo o último geralmente mais autonomia e uma expertise mais rara.
Aqueles que trabalham em startups poderão possuir desde dezenas a milhões, dependendo de seu sucesso.

Não importa em qual dessas opções você esteja, promova e venda sua empresa, conhecendo muito bem o seu produto.

5.Você pode realizar seus sonhos

Milhares de mentes brilhantes optam por carreiras tradicionais em empresas de consultoria ou em bancos. O esforço e a competição nesse tipo de ambiente são tão grandes que você acaba esquecendo qual seu propósito de trabalhar além de ser melhor que a pessoa que está a seu lado e cumprir metas que visam ao sucesso de curto prazo.
E o que os bancos geralmente fazem? Diversificam sua carteira de investimentos em empresas que acreditam serem capazes de criar. O que as empresas que não sabem mais o que criar fazem? Colocam o dinheiro em bancos de investimento e recomeçam o ciclo.
Você, como desenvolvedor, tem uma oportunidade única: a de fundar ou fazer parte de uma dessas empresas capazes de criar, de gerar riqueza, que possuem valores de mercado absurdos e em que os bancos de investimento acreditam.

Você tem alguma insatisfação ou acha que o mundo tem algum problema que precisa ser resolvido? Utilize-os como motivadores para um empreendimento nas áreas de saúde,educação, segurança ou quaisquer outras e ganhe dinheiro, enquanto faz um mundo melhor.

Sobre o Autor

Johel Carvalho

Johel Carvalho

Engenheiro Civil formado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ) em Dezembro de 2012. Largou a profissão pelo desenvolvimento web, começando com C# e sendo atualmente aficionado por JavaScript.

comments powered by Disqus